Prefeitura de Bequimão qualifica 35 profissionais de saúde e lideranças comunitárias em Educação Popular em Saúde

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nesta quarta-feira (15) a cerimônia de certificação aos participantes do Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde ( EdPopSUS). A primeira etapa da qualificação foi destinada a Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), Agentes da Vigilância Sanitária (AVS), profissionais de saúde em geral e servidores administrativos.

O curso vai contribuir com a implantação da Política Nacional de Educação Popular em Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (PNEP-SUS), tendo como foco a participação popular, a gestão participativa, o controle social, o cuidado, a formação e as práticas educativas em saúde. O certificado de participação foi entregue a 35 servidores da saúde e lideranças comunitárias.

“Nosso objetivo foi promover a qualificação da prática educativa de profissionais da saúde e lideranças comunitárias que atuam em territórios com cobertura da Atenção Básica do SUS, refletindo criticamente o próprio trabalho em saúde a partir dos princípios, lógicas e ferramentas da Educação Popular em Saúde”, explicou a secretária de Saúde, Ramone Araújo.

Além da secretária Ramone Araújo, que representou o prefeito João Martins no evento, participaram da cerimônia de entrega dos certificados, na Casa Dom Joaquim, os vereadores Jorge Filho, Irmão Vetinho, Carlinhos de Severaldo, Janny Matos e Vadico Barbosa, representando a Câmara Municipal.

A qualificação foi realizada na modalidade presencial, tendo como base seis eixos temáticos e carga horária de 160h. Ministraram as aulas a terapeuta ocupacional, Luciana Almeida, e a assistente social do município, Joymar Gusmão.

Prefeitura de Bequimão vacina mais de 4 mil animais domésticos

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, imunizou 2.735 cães e 1.455 gatos durante a Campanha de Vacinação Antirrábica, realizada entre os dias 5 e 23 de agosto no município.

Em três semanas, agentes da Vigilância Epidemiológica percorreram bairros da sede e os principais setores da zona rural para imunizar os animais. “Nosso muito obrigado a todos os bequimãoenses que entenderam a importância da campanha e contribuiram com a saúde da nossa população, recebendo os profissionais da Semus em casa”, disse a prefeitura em publicação nas redes sociais.

A raiva não tem cura e pode ser transmitida a humanos através da mordida de um animal. Depois que os sintomas aparecem, a doença é quase sempre fatal. A vacina pode prevenir a infecção.

Prefeitura de Bequimão inicia Campanha de Vacinação Antirrábica nesta semana

A Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia nesta quinta-feira (5) a campanha de vacinação antirrábica nas zonas rural e urbana do município. As equipes com técnicos de saúde vão percorrer 14 regiões até o dia 21 de setembro, em busca de animais para vacinar. O dia “D” de imunização será realizado no dia 23 de agosto das 8h às 17h, na Praça 2 de Novembro. A mobilização vai contar o apoio de profissionais da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, além de Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s).

Devem ser imunizados contra a raiva cães e gatos saudáveis, com mais de três meses. A vacinação antirrábica afasta os riscos da doença, que não tem cura e pode ser transmitida a humanos. “Serão três semanas de intenso trabalho, onde nossas equipes vão estar empenhadas nesse processo de vacinação por todo o município. Nosso objetivo, seguindo a determinação do prefeito João Martins e da nossa secretária de Saúde, Ramone Araújo, é vacinar o maior número de animais possíveis e afastar do nosso município qualquer surto proveniente dessa doença tão perigosa, que pode acometer não só os animais, mas também a nossa população”, explicou a chefe da Vigilância em Saúde, Thamisy Araújo.

A campanha é realizada todos os anos no município e, nesta edição, vai atingir primeiramente as áreas da Cidade Nova, Estiva, Bairro de Fátima, Centro, São Luizinho e Ferro de Engomar, na sede de Bequimão. Em seguida, será a vez das regiões onde estão localizadas as comunidades Paricatiua, Bebedouro, Jacioca, Mojó, Quindiua, Santana, Areal e Pontal, na zona rural. Em todos estes locais, a vacinação será realizada nos períodos da manhã e da tarde.

A secretária de Saúde, Ramone Araújo, pede à população que colabore com a saúde do município, recebendo os profissionais de saúde credenciados, responsáveis pela vacinação domiciliar. “É extremamente importante que a população bequimãoense receba nossos profissionais credenciados durante todo o período da campanha. A raiva é uma doença letal. A vacinação anual de cães e gatos é eficaz na prevenção da doença nesses animais, o que consequentemente previne também a raiva humana”, destaca Araújo.

A raiva
A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. É transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais. Em qualquer uma dessas situações, a pessoa deve procurar atendimento médico, caso o animal não seja conhecido ou não esteja vacinado.

Confira o cronograma de vacinação antirrábica na íntegra!

ANEXO

CRONOGRAMA CAMPANHA ANTIRÁBICA 2021

  DATA  TURNO  LOCAL
  05/08  M/T  CIDADE NOVA / ESTIVA / FÁTIMA 
  06/08  M/T  CENTRO / SÃO LUIZINHO / FERRO DE ENGOMAR
  07/08  M/T  PARICATIUA E BEBEDOURO
  12/08  M/T  JACIOCA
  13/08  M/T  MOJÓ
  14/08  M/T  QUINDIUA
  19/08  M/T  SANTANA
  20/08    M/T  AREAL
  21/08  M/T  PONTAL