Destaque

Prefeitura de Bequimão amplia transparência das ações de combate à pandemia

Foram detalhados aos vereadores os números da vacinação, quantidade de doses enviadas pelo Estado ao município, critérios para a escolha dos grupos prioritários, entre outros assuntos.

Atendendo ao pedido do prefeito João Martins (MDB), a secretária municipal de saúde, Ramone Araújo, e a secretária adjunta, Danielle Soares, estiveram na Câmara Municipal de Vereadores de Bequimão, na última sexta-feira (16). A visita à Casa aconteceu exatamente no dia que marcou o retorno presencial das atividades parlamentares. A ida das integrantes do Comitê Municipal de Gestão da Crise Sanitária até a sede do Legislativo teve como principal objetivo informar os vereadores sobre as medidas de prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus adotadas pela Prefeitura de Bequimão.

Durante a plenária, foram detalhados aos vereadores os números da vacinação; a quantidade de doses enviadas pelo Estado ao município; bem como os critérios para a escolha dos grupos prioritários, definidos pelo Governo do Maranhão no Plano Estadual de Vacinação. As titulares da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) também revelaram aos parlamentares que o prefeito João Martins fez um pedido ao Governo do Maranhão, para que possam ser incluídas no grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19 as comunidades quilombolas ainda não certificadas pela Fundação Cultural Palmares.

As titulares da Semus informaram, ainda, que a campanha será descentralizada à medida que for disponibilizada ao município uma maior remessa de doses dos imunizantes. Quando isso acontecer, as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) vão passar a funcionar como pontos de vacinação, evitando assim o deslocamento de pessoas que residem nas comunidades da zona rural até o Centro Municipal de Vacinação, instalado no Salão Paroquial Padre Paulo Fortim. Bequimão conta atualmente com dez equipes Estratégia Saúde da Famílias (ESF), que atuam em diferentes regiões do município onde estão instaladas as UBS’s.

Outro ponto destacado pela Semus está relacionado à vacinação de pessoas acamadas com comorbidades. De acordo com a secretária Ramone, quase todas as pessoas que fazem parte desse grupo já foram imunizadas no município. As equipes de saúde chegam até as pessoas que vivem nessas condições por meio de levantamento feito pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), responsáveis pela assistência de microáreas com, no máximo, 750 pessoas.

O vereador Carlinhos de Severaldo (PV) avaliou como positiva e inédita a iniciativa do prefeito João Martins. Segundo o vereador, a condução da crise sanitária pela gestão municipal tem sido pautada pela transparência.

“Quero parabenizar o prefeito João Martins pela sensibilidade em enviar, voluntariamente, representantes da Semus a esta Casa. Graças a essa iniciativa, todos os colegas puderam tomar conhecimento das medidas de prevenção e combate ao coronavírus adotadas pela Prefeitura de Bequimão, para proteger a vida da nossa população. Uma iniciativa que não é surpresa para ninguém, dada a seriedade e grande responsabilidade com a qual o gestor tem conduzido a crise sanitária no nosso município e também o cuidado que tem demonstrado com a vida de milhares de bequimãoenses”, destacou o vereador.

O prefeito João Martins, por sua vez, declarou que ampliar a transparência das informações no combate à pandemia significa mais do que fortalecer as relações institucionais entre o Executivo e o Legislativo; é também entender a função da Câmara, cujo papel é defender os interesses da população de Bequimão.

“Estou comprometido com um modelo de gestão participativa, na qual todos têm vez e voz. Ao ampliar o diálogo com a Câmara, estamos também inserindo os nossos vereadores, representantes legítimos do nosso povo, nesse processo de condução da crise sanitária. A presença da Semus nessa plenária de reabertura dos trabalhos legislativos serviu para que os nossos vereadores também pudessem dar a sua contribuição ao nosso município e dirimir qualquer possível dúvida acerca da gestão da crise sanitária. Quem ganha com tudo isso é a nossa população. Ganha em respeito e ganha em cuidado, em um momento tão delicado como este que estamos vivendo”, afirmou o prefeito de Bequimão.