Coronavírus

Prefeito João Martins anuncia novas medidas contra o coronavírus

Objetivo é frear o crescimento da curva de contaminação e evitar o colapso do sistema de saúde do município.

Em reunião com parte da equipe do Comitê de Crise para o Enfrentamento à COVID-19, nesta sexta-feira (5), o prefeito de Bequimão, João Martins (MDB), avaliou os dados registrados na última semana sobre a doença. Durante a reunião, o gestor e o grupo decidiram pela elaboração de um novo decreto, com o acréscimo de novas restrições, como a redução do horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais e a suspensão das aulas presenciais nas escolas das redes pública e privada de todo o município.

Segundo o prefeito João Martins, o principal objetivo das mudanças acrescentadas é frear o crescimento da curva de contaminação em Bequimão e, consequentemente, evitar o colapso do sistema de saúde do município. “Essas medidas são necessárias, neste momento, porque Bequimão nunca tinha registrado tantos casos confirmados e suspeitos como está agora. Nosso município está em alerta vermelho e precisamos da colaboração de toda a população, para evitarmos ainda mais danos”, declarou o prefeito de Bequimão.

O Decreto nº 005/2021, que restringe o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e cancela as atividades pedagógicas presenciais, foi publicado neste sábado (6) pelo prefeito João Martins. “Nossas equipes estão trabalhando intensamente no Hospital Lídia Martins, nos atendimentos volantes e também voltamos a fazer barreiras sanitárias e vistorias nos pontos comerciais”, informou o prefeito de Bequimão.

Confira um resumo detalhado das principais mudanças, com a publicação do novo decreto:

O que muda?

1. Estabelecimentos comerciais antes autorizados a funcionar em horário normal, agora, vão ter horário de funcionamento reduzido. Veja abaixo, por segmento!

7h às 14h – Lojas de roupas, de móveis, materiais de construção, açougues, frutarias, papelarias e afins;

Até as 19h – Supermercados e padarias;


Até as 18h – Academias deverão fechar, no máximo, até às 18h.


Até as 20h – Farmácias.

2. Fica prorrogado o início das aulas da Rede Municipal de Ensino para o dia 15 de março.

3. Ficam suspensas as aulas presenciais em escolas públicas e privadas.

Instituições particulares de ensino podem decidir se vão seguir ou não com suas atividades de forma remota, no período de restrições.

Escolas da Rede Municipal poderão retomar aulas, de forma remota, após expirar a validade do decreto, dependendo da situação epidemiológica do município.

O que permanece?

1. Estabelecimentos comerciais, de qualquer natureza, deverão fazer o controle rigoroso do uso de máscaras, álcool em gel e do distanciamento social, sob pena de multa;

2. Fica proibida a realização de eventos religiosos em igrejas e templos;

Só será permitida a realização de celebrações rotineiras, desde que sejam obedecidas as medidas de prevenção ao coronavírus.

3. Fica mantida a suspensão da realização de qualquer tipo de festa, festejo, show e evento, tanto em ambiente público quanto privado, até o dia 15 de março;


4. Fica mantida a suspensão do funcionamento de bares e restaurantes, que só poderão comercializar na forma de delivery (entregas);

5. Fica mantido o rodízio de veículos que fazem linha entre os povoados da Zona Rural e a sede do município, como forma de evitar as aglomerações e a disseminação do vírus;

6. Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária vão continuar com as barreiras para controle da circulação, com autorização para serem aplicadas advertências e multas;

7. Permanece obrigatório o uso de máscara, essencial ao cumprimento das recomendações de proteção estabelecidas pelas organizações sanitárias;

Multas podem variar entre R$ 250,00 e R$ 500,00, em caso de reincidência. Valores serão revertidos ao Fundo Municipal de Saúde (FMS).

8. Caso sejam ocupados 70% dos leitos do Hospital Lídia Martins destinados à internação de pacientes com Covid-19, serão aplicadas medidas ainda mais restritivas quanto à abertura do comércio e sedes de instituições religiosas.