Agricultura

Prefeito João Martins entrega certificados do Cadastro Ambiental Rural

Prefeitura e AGERP já iniciaram nova etapa do CAR no município; mais de 1000 famílias devem ser beneficiadas nessa nova fase do cadastro.

Mais de 460 famílias de sete comunidades de Bequimão vão ter acesso, entre outros benefícios, ao crédito agrícola, em todas as suas modalidades, com taxas de juros menores, bem como limites e prazos maiores que o praticado no mercado. A novidade é resultado de mais uma etapa da inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CRA), realizado pelo Governo do Maranhão, numa execução conjunta entre a Empresa Hominus e a Secretaria Estadual de Agricultura Familiar/Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária (SAF/AGERP). Em Bequimão, o trabalho é feito com apoio da Prefeitura Municipal e do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (STTR). A entrega dos certificados aconteceu nesta quinta-feira (24).

O evento contou com a participação do prefeito João Martins (MDB) e do vice-prefeito Magal (PT), que fizeram a entrega dos documentos às famílias do Juraraitá (52), Pontal (156), Monte Palma (53), Suassuí (13), Monte Alegre (66), Vila Nova (21) e Matinha (3), totalizando 364 famílias beneficiadas só nesta quinta-feira. Nos próximos dias, mais 100 famílias da comunidade Areal devem ser beneficiadas com a entrega do certificado.

Além do acesso ao crédito agrícola, a inscrição no CAR é também o primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental de imóveis. Por isso, são informados: dados do proprietário, possuidor rural ou responsável direto pelo imóvel rural; dados sobre os documentos de comprovação de propriedade e ou posse; e informações georreferenciadas do perímetro do imóvel, das áreas de interesse social e das áreas de utilidade pública, com a informação da localização dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Preservação Permanente, das áreas de Uso Restrito, das áreas consolidadas e das Reservas Legais.

Esta é a segunda vez que bequimãoenses são contemplados com a inscrição no Cadastro Ambiental Rural. Anteriormente, já haviam sido inseridas no CAR famílias de outras seis comunidades do município: Marajá, Santa Tereza, Pericumā, Conceição, Ramal do Quindiua e Mafra. “Iniciamos o planejamento para que mais famílias sejam alcançadas pelos benefícios de estarem devidamente inseridas no Cadastro Ambiental Rural, sempre com apoio da nossa equipe”, garantiu o prefeito João Martins

Mais inscrições no CAR

Nesta quarta-feira (23), a Prefeitura de Bequimão e o Governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (AGERP), realizaram a reunião de planejamento para execução de mais uma etapa de inscrições no Cadastro Ambiental Rural (CAR), na sede do STTR, em Bequimão.

Participaram do encontro técnicas da empresa Hominus, responsável pelo CAR; gestor e técnicos da Agerp/Pinheiro; diretoria do STTR, lideranças e representantes das comunidades; vereadores; e os secretários municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Luiz Bernal; de Desenvolvimento Rural, Creuber Pereira; de Promoção da Igualdade Racial, Fábio Costa; e de Cidadania e Participação Popular, Edimilson Pinheiro.

Nessa outra fase, serão contempladas as comunidades Marinho, Deserto, Jeniparana, Codozinho, Santa Flor, Privado, Macajubal, Barroso, Frederico, Inciada Funda, Baixo Escuro, Titara, Jacioca, Mojó, Vila do Meio, Buritirana, Marajatíua e Rio Baiana. A estimativa da Prefeitura de Bequimão é que mais de 1.000 novas famílias sejam beneficiadas com a inscrição no Cadastro Ambiental Rural.

O CAR

O Cadastro Ambiental Rural é um registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais referentes à situação das Áreas de Preservação Permanente – APP, das áreas de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas, compondo base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.