Cotidiano

“Queimação de palhinhas” encerra festejos natalinos

A prefeitura organizou uma programação especial na noite desta quinta-feira (7), para o desmonte do presépio.

Momento de tradição espiritual e cultural, a Cerimônia de Queimação das Palhinhas marcou o encerramento das festividades natalinas em Bequimão. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECTUR), organizou uma programação especial na noite desta quinta-feira (7), para o desmonte do presépio.

Durante todo o mês de dezembro, o ambiente refez a cena do nascimento do Menino Jesus diante dos olhos dos bequimãoenses, na Praça Santo Antônio. A “Queimação das Palhinhas” contou com o apoio da comunidade católica, dos adolescentes Unicef e dos integrantes do Projeto Social BoraVer.

A tradição centenária é realizada principalmente no Maranhão e em cidades de Portugal. A cerimônia acontece todos os anos, no Dia de Santos Reis. Esta data marca o momento da visita dos três reis magos ao Menino Jesus, quando lhe ofertaram como presentes ouro, incenso e mirra.

O encerramento da programação natalina contou com a cerimônia de batismo do Menino Jesus, sendo o secretário de Cultura e Turismo, Rodrigo Martins, o padrinho e a conselheira jovem do Unicef, Brenda Rafaela, a madrinha. A celebração foi conduzida pela irmã Domingas. A “Queimação de palhinhas” é embalada por hinos e ladainhas. Alguns fiéis costumam ainda fazer pedidos para o ano que está começando e outros costumam pagar promessas durante o ritual.

Participaram da Cerimônia de Queimação das Palhinhas o padre Domingos; o secretário de Administração, Sidney Bouéres; o secretário de Cidadania e Participação Popular, Edmilson Pinheiro; e o articulador do Selo UNICEF, Wanderson Farias.