Executivo

João Martins e Magal são empossados como prefeito e vice

A cerimônia foi realizada pelo Legislativo bequimãoense, na tarde desta sexta-feira (1).

O novo prefeito de Bequimão, João Martins (MDB), e seu vice, Sidney Nogueira “Magal”(PT), foram empossados, em solenidade na Câmara Municipal de Vereadores. A cerimônia foi realizada pelo Legislativo bequimãoense, na tarde desta sexta-feira, dia 1° de janeiro. A programação que marcou o início da nova gestão no município foi vasta e bastante diversificada, incluindo desde cerimônias religiosas até atos cívicos.

João Martins e Magal foram eleitos no dia 15 de novembro, com votação expressiva. A chapa recebeu 7.412 votos o que representa 50,71% da população votante nas eleições municipais de 2020.

A programação de posse, que se estendeu por todo o dia, obedeceu a todos os protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias, em virtude da pandemia do novo coronavírus. João Martins e Magal iniciaram o primeiro dia do ano louvando a Deus no Culto em Ação de Graças, realizado na Igreja Assembleia de Deus pela manhã. Às 16h, os novos gestores do município se dirigiram à Câmara, onde participaram da cerimônia de posse. Por se tratar de um local fechado, o acesso foi limitado para evitar aglomerações. Participaram do ato o então prefeito Zé Martins; a então primeira-dama do município, Vânia Martins; a mãe de João Martins, professora Letinha; a nova primeira dama do município, Janyce Bezerra; Marciara Rodrigues, esposa do vice-prefeito Magal; vereadores eleitos; e a população de Bequimão.

Na abertura da solenidade, foram executados os hinos nacional e do município de Bequimão. Em seguida, o novo presidente da Câmara de Vereadores, Irmão Vetinho (MDB), fez a contagem do quórum mínimo de vereadores, conforme determina o Regimento da Casa, para dar início à solenidade de posse. Apenas três dos onze vereadores não compareceram ao local da posse: Chico Ferreira (PSD), Gordo do Quindiua (PL) e Sassá (PDT), todos da oposição. Com quórum suficiente, o parlamentar deu início à cerimônia. Foi solicitado ao prefeito e ao vice-prefeito a apresentação à Mesa Diretora da Casa dos seus respectivos diplomas e declarações de bens. Verificada a autenticidade dos documentos, o presidente da Câmara prosseguiu com a solenidade de posse.

João Martins e Magal foram convidados a ficar de pé, com os braços direitos estendidos, para fazer o juramento. Os novos prefeito e vice-prefeito de Bequimão prometeram desempenhar seus mandatos com lealdade.

— Prometo cumprir a Constituição Federal, a Constituição do Estado e a Lei Orgânica do município de Bequimão, desempenhando com lealdade o mandato a que me foi confiado pelo progresso do município e pelo o bem-estar do seu povo. Assim prometo — garantiram, sob aplausos, João Martins e Magal. Após os juramentos, os novos gestores foram empossados pela Câmara Municipal.

O vice-prefeito Magal deu início aos pronunciamentos, destacando o trabalho do prefeito Zé Martins à frente do município e a trajetória eleitoral até a vitória da Coligação “Juntos por Bequimão.

— Hoje, tomo posse como vice-prefeito reeleito para o segundo mandato, ao lado do nosso companheiro de chapa, João Martins. Bequimão, nosso município, tem passado por grandes transformações nos últimos oito anos, e isto se deve muito ao trabalho que o prefeito Zé Martins desempenhou com muita responsabilidade. E, hoje, a nossa posse, que representa a sucessão e a continuidade do trabalho do prefeito Zé Martins, se refletiu na maioria da população de Bequimão, que nos escolheu para administrar a cidade por estes próximos quatro anos. Tenham certeza de que nós, Magal e João Martins, vamos dedicar estes próximos quatro anos para trabalhar muito mais pelo nosso povo, que tanto precisa — declarou.

João Martins deu sequência aos pronunciamentos, agradecendo a Deus e destacando o trabalho do prefeito Zé Martins, principalmente na saúde, setor da administração pública com grandes avanços nos dois mandatos do emedebista.

— Inicialmente, quero externar minha gratidão a Deus, por estarmos aqui, neste momento tão importante, para as nossas vidas, individualmente, mas também coletivamente para a nossa cidade, para o nosso povo, para a nossa região. Digo isso porque, quer queiramos ou não, o município de Bequimão, hoje, é referência em vários aspectos. A saúde é um deles. E não vou me estender, porque essa é uma verdade tácita e reconhecida na região do Litoral e Baixada Ocidental Maranhense, pelo trabalho, pelo comprometimento que o prefeito Zé Martins teve com essa pasta, que é muito importante para a vida das pessoas do município de Bequimão — afirmou.

O discurso do emedebista marcou os convidados pelo tom que remete à harmonia entre os Poderes, sem que o Executivo e o Legislativo necessariamente abram mão de suas competências ou até mesmo de possíveis embates democráticos que venham a ter.

— A cada passo que nós dermos à frente das nossas obrigações públicas, nós temos que dar esse passo pensando na população de Bequimão. É por ela que nós fomos eleitos e temos que dar o exemplo como servidores públicos municipais, no Executivo e no Legislativo. Mesmo com os possíveis embates que a democracia permitir, eu não os tenho (a oposição) hoje e não os terei como meus adversários. Trabalharei isso todos os dias, dentro do meu coração, para que o pouco que nós aprendemos até hoje, nós não venhamos a retroceder. O povo de Bequimão merece uma política maior — frisou João Martins.

Atos religiosos

Logo cedo, às 8h, a programação foi aberta com um culto, na igreja Assembleia de Deus, com participação dos pastores Simeão e Geisiel.

Após a solenidade de posse na Câmara, João Martins e Magal participaram de uma nova cerimônia religiosa. Desta vez, na Paróquia Santo Antônio e Almas, onde foi realizada uma Missa em Ação de Graças. A celebração foi presidida pelo padre Domingos e concelebrada pelo diácono Rezende.

Transmissão do cargo

Por volta das 20h30, os novos gestores participaram da tradicional Cerimônia de Transmissão do Cargo, na sede da Prefeitura de Bequimão, situada bem perto dali, no entorno da Praça Santo Antônio. O ex-prefeito Zé Martins, o prefeito João Martins e o vice Magal fizeram o hasteamento das bandeiras ao som hino do município de Bequimão.

Zé Martins fez um discurso bastante emocionado, durante a despedida do cargo. Ele deixou um grande legado de trabalho na história do município. O feito lhe rendeu homenagem, durante a cerimônia de passagem da faixa de prefeito para João Martins. Zé Martins recebeu das mãos de uma criança uma placa, com uma mensagem de agradecimento em nome do povo de Bequimão. O trabalho do ex-gestor elevou o município a um patamar gerador de melhores condições de vida da população, que reconhece Zé Martins como “prefeito trabalhador”.

— Até ontem, estive prefeito da minha querida cidade de Bequimão, cargo que ocupei por oito anos. Na minha vida, não conheci uma honra maior: ser depositário da confiança dos meus conterrâneos. Quero agradecer a Deus, por tamanha graça, e ao povo de Bequimão. Servir a Bequimão foi uma escolha que fiz ao ser chamado pelo meu grupo político, à época liderado pelo saudoso Juca Martins. Avançamos em todas as áreas que poderíamos avançar: na saúde, na educação, na assistência, na infraestrutura e outras. Tamanha prova disso é que o povo nos reelegeu. Estamos deixando o município em ordem, com vários empenhos de convênios. Outros inclusive com dinheiro em conta para a infraestrutura de Bequimão. Motivo de orgulho, pois o município não sofrerá a descontinuidade, situação diferente da de quando assumi em 2013. Página triste já virada, torcendo para nunca mais se repetir em Bequimão. Deixo a Prefeitura de Bequimão com a consciência tranquila. Fiz tudo o que estava ao meu alcance. Boa sorte ao nosso prefeito João Martins. Muito obrigado e que Deus ilumine a todos nós — finalizou o ex-prefeito do município, transferindo a faixa e desejando sorte ao novo prefeito de Bequimão.