Assistência

Prefeito Zé Martins encerra 8ª Semana do Bebê Quilombola com Selo Unicef

Premiação foi concedida a Bequimão pelo bom desempenho na promoção dos direitos de crianças e adolescentes.

O encerramento da Semana do Bebê Quilombola teve um gosto diferente para os bequimãoenses neste ano: o de vitória. Nesta sexta-feira (11), dia em que Bequimão encerrou a oitava edição da mobilização social, o prefeito Zé Martins (MDB) recebeu o certificado e o troféu “Selo Unicef Município Aprovado”. A premiação foi concedida a Bequimão pelo bom desempenho do município na promoção dos direitos de crianças e adolescentes, ao longo dos últimos quatro anos.

O reconhecimento internacional é também histórico. Depois de oito anos participando da mobilização, Bequimão conseguiu alcançar e até ultrapassar metas estipuladas nos eixos de resultados sistêmicos (ações que o município precisava realizar) e de impacto social (indicadores que o município tinha que melhorar). Foi assim que a gestão bequimãoense alcançou a pontuação suficiente para conquistar o “Selo Unicef Município Aprovado”.

O prefeito Zé Martins destacou a importância da premiação e o significado do Selo Unicef. “Este prêmio é do povo de Bequimão. Essa premiação advém de um trabalho de uma gestão com todas as suas secretarias, com esse objetivo de cuidar das crianças. Esta foi uma das minhas primeiras determinações, como prefeito de Bequimão. Sempre tive olhos voltados para fazer o melhor que a gestão também podia fazer aos jovens. De forma especial, com um olhar bem sensível às comunidades quilombolas. Me causa muita felicidade, muito orgulho, estar gestor. Por isso, fica aqui registrado o meu agradecimento a todos os atores desse processo de transformação social pelo qual passou o nosso município ao longo dos últimos oito anos. As comunidades quilombolas de Bequimão tiveram e terão, até o último do meu mandato, vez e voz”, garantiu o prefeito.

A condecoração não poderia chegar a Bequimão em um momento mais oportuno e simbólico, senão na Semana do Bebê Quilombola, evento que garante a execução de políticas públicas destinadas à primeira infância (crianças de até seis anos). São beneficiadas as onze comunidades reconhecidas como remanescentes de quilombo pela Fundação Palmares (Ramal do Quindiua, Santa Rita, Mafra, Ariquipá, Marajá, Rio Grande, Sibéria, Pericumã, Conceição, Juraraitá e Suassuí).

A conquista do Selo Unicef foi bastante celebrada pelos adolescentes do JUVA, que tiveram papel fundamental nessa conquista. A juventude preparou o ambiente e organizou a entrada das bandeiras e de um painel de conquistas do município. Para a entrega do certificado e do troféu, os meninos e meninas fizeram um corredor que levava até o prefeito Zé Martins e à presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Viviane Rodrigues. Esse troféu já havia sido entregue, em cerimônia no Rio de Janeiro, realizada no dia 8 de dezembro, ao articulador do Selo Unicef, Wanderson Farias, e à adolescente Unicef Adenice Melo.

A criançada também tomou conta da Praça Santo Antônio. No local, foi instalado um playground com três camas elásticas, escorregador e piscina de bolinhas, para que a garotada pudesse se divertir, a exemplo das edições anteriores da Semana do Bebê Quilombola. A programação de encerramento teve, ainda, a participação da Juju Banda, da quadrilha Criança Feliz, do povoado Santa Tereza, e de uma roda tambor de crioula formada por moradores de diferentes comunidades quilombolas.

Semana do Bebê Quilombola

Neste ano, com a pandemia do novo coronavírus, a Semana do Bebê Quilombola abordou uma temática especial, voltada para discutir a infância nas comunidades quilombolas em tempos de COVID-19.

“É com imensa alegria que hoje estamos celebrando um ciclo de oito anos de trabalho voltado às crianças e adolescentes, com a premiação do Selo Unicef. É muito gratificante para nós, enquanto gestores, estar atuando nesse segmento de políticas públicas voltadas para a infância e a juventude de Bequimão. Neste ano, nós diminuímos as atividades nas comunidades por causa da pandemia do coronavírus. Bequimão tem enfrentado essa pandemia com muita força e coragem. Há uma equipe incansável de monitoramento, que está fazendo esse trabalho de visitas e acompanhamento domiciliar desde o início da crise sanitária. Tudo isso, é claro, graças à sensibilidade do nosso prefeito Zé Martins. Sem esse compromisso, jamais teríamos alcançado o êxito que estamos alcançando na condução da crise e nas transformações sociais que estamos vivendo em Bequimão”, declarou o secretário municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, Rodrigo Martins.

Esse trabalho teve sua continuidade assegurada pelo prefeito eleito, João Martins. Segundo o futuro gestor do município, Bequimão merece seguir testemunhando vitórias tão significativas quanto as observadas nas gestões do prefeito Zé Martins. “A partir de 2021, o município terá uma nova gestão que dará continuidade, e será um desafio enorme, a todos os resultados, a todo o trabalho que foi feito nos dois mandatos do prefeito Zé Martins. Não é fácil, mas temos absoluta certeza de que, se trabalharmos com o mesmo comprometimento, iremos também manter o reconhecimento por parte do Unicef. Nós temos agora também um compromisso com o Unicef e, principalmente, com o povo de Bequimão, em mostrar que nós somos merecedores e iremos manter esse trabalho, para que nós também possamos receber reconhecimentos dessa natureza e todos os outros que sejam para o bem da nossa população”, enfatizou João Martins.

Programação

Durante toda a semana, foram feitas orientações e atualização da caderneta do adolescente; atualização da caderneta de vacinação/imunização; avaliação odontológica; preventivo; credenciamento e orientação de estabelecimentos das comunidades quilombolas; erradicação do sub-registro civil; cadastro em benefícios sociais e atualização do Cadastro Único; atendimentos do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF); brincadeiras em tempos de Covid-19; Busca Ativa Escolar; oficinas de Meio Ambiente e empoderamento de meninas; direito à convivência familiar e consultas médicas.

Como acontece todos os anos, ainda foram apresentadas à população de Bequimão a bebê prefeita e a vice-bebê-prefeita do município. As duas nasceram entre os dias 25 e 30 de novembro, quando tradicionalmente é realizada a Semana do Bebê Quilombola no município. A vice-bebê prefeita, Tamyle Amorim Ferreira, foi recebida com bastante carinho por todos. Nascida no dia 30 de novembro, ela e sua mãe foram presenteadas pelo vice-prefeito Magal. Em seguida, foi a vez de Ramyle Amorim Martins, da comunidade Ramal de Quindiua, ser apresentada à população do município. Ela nasceu antes, no dia 28 de novembro, e, portanto, foi eleita a bebê prefeita de 2020. Na ocasião, a recém nascida recebeu das mãos do prefeito Zé Martins a faixa de bebê prefeita e a chave da cidade, além de um kit de cuidados com o bebê.

A Semana do Bebê Quilombola é desenvolvida, desde 2013, pela Prefeitura de Bequimão, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância e Adolescência (Unicef), a Fundação Josué Montello, a Secretaria Estadual de Igualdade Racial (SEIR) e Movimento Quilombola de Bequimão (MoqBeq). A mobilização social também conta com o apoio importante das demais secretarias municipais (Saúde, Educação, Esporte, Administração, Assistência Social e Agricultura), do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e da Juventude Unida pela Vida na Amazônia (JUVA). A Comissão Intersetorial do Selo Unicef no município de Bequimão envolve agentes de diferentes áreas.

Também participaram do encerramento da 8ª Semana do Bebê Quilombola a primeira dama do município, Vânia Martins; o secretário de Assistência Social, Josmael Castro; o secretário de Esportes, Kell Pereira; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Viviane Rodrigues, a mobilizadora do Selo Unicef, Marceliane Alves; a articuladora do Selo Unicef, Rose Pinheiro; a vereadora Preta de Barbosa e o vereador Professor Zeca, representando a Câmara Municipal de Bequimão; Sinolly Nogueira, coordenadora do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS); a secretária de Educação, Jainara Peixoto; o secretário de Indústria e Comércio, Ademar Costa; a coordenadora do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Cleonilde Bitencourt; e a secretária de Saúde, Astrid Martins.